Pin-up Músic

Babygirls e Rockers

Friends

Search this blog ( pesquisa )

I am : Mademoiselle

Minha foto
São Paulo, SP, Estonia
A pin-up girl in a modern world: Gypsy/Pin Up/Fetishist/Scorpio/Dancer/Passionate ****

segunda-feira, abril 04, 2011

Observando o estilo: Cabelos cinquentinha e rockabilly

Uma das características mais marcantes em musas pin up ou rockabilly, inspirada pelos anos 50, é com certeza o cabelo (desde o corte, a cor, chegando até o penteado).





Mas, de nada adianta querer fazer o melhor penteado, se não tiver o corte certo.
O corte da época era feito em camadas, com ou sem franja, para que pudesse ser enrolado com bobes e rolinhos. Os cachos eram feitos seguindo desenhos pela cabeça e conseguindo assim, penteados bastante elaborados.
 
 
Enquanto as mulheres de hoje, vivem pela escova progressiva, as de antigamente era adeptas dos permanentes, para fixar melhor os cachos do cabelo.
Em geral, eles também não eram compridos. A maioria dos cortes eram curtos ou na altura dos ombros.
 
 
 
Existiam maneiras diferentes de se conseguir os mais diferentes penteados. Algumas utilizam os bobs convencionais quando tinham o cabelo na altura do ombro (conhecido como 'Rolls' ou rolos de cabelo ). Porém, com o bob era necessário ter um certo tempo, já que era preciso esperar o cabelo úmido secar com os bobs antes de sair de casa.




No caso de alguma emergência, em que era preciso sair de casa e o cabelo ainda não havia secado, as mulheres passaram a utilizar bandanas ou lenços amarrados com o cabelo para cima. Em inglês, é conhecido como "Do Rags".
 

 
 
Outra forma de fazer o penteado, era o chamado 'Pin Curl', algo como cachos de cabelo. Era um jeito mais simples de se fazer cachos, porém mais trabalhoso, e algumas utilizavam até na hora de dormir, para acordar no dia seguinte, com o cabelo pronto.


 
Por fim, a outra forma de se conseguir um cabelo ondulado era como conhecida como 'Fingerwave', ou algo como fazer ondas com os dedos e um pente no cabelo úmido. As ondas deviam ser presas com grampos, até que o cabelo secasse. Neste caso, não haviam cachos, o cabelo ficava com ondas definidas.
 


 
Já as adolescentes da década, mantinham cabelos mais longos, presos com 'rabo de cavalo' e com franjas curtas (conhecido como 'PonyTail').
 



 
 
Já outro corte popular na década, foi o chamado 'Poodle Cut', ou corte de cabelo inspirado em cortes de cães da raça poodle. Uma das mais famosas atrizes a aderir ao corte foi Lucille Ball da série de TV "I Love Lucy".




Na década de 50, houve o que se pode chama de mania poodle, com a popularização destes cãezinhos como animais domésticos. Além do corte de cabelo, a imagem deles foi amplamente utilizada nas chamadas "poodle skirts" (mais detalhes em uma próxima matéria). 
 
 
 
 
Voltando aos cabelos cinquentinhas, um grande corte famoso no universo masculino se chamava "duck tail" ou algo parecido com rabo de pato. 
Este estilo de corte masculino, exige que o cabelo seja um pouco mais comprido e liso. Assim, a parte de trás é separada ao meio e puxada para frente, com as pontas se juntando no meio.
 
 


 
 
 Enfim, bobs para mulheres, gel para os homens. A década de 50 foi fortemente marcada pelos cortes de cabelo e seus penteados.
Hoje em dia, basta uma franja curta, cortada em V ou um topete, e já temos a sensação de voltar a deliciosa década de 50.
 
 
 
 
Lindo eu quero tb********* 
Beijinhos Ciganos

Nenhum comentário:

Postar um comentário